O Botafogo empatou com o Atlético-MG, no Independência, somou mais um ponto na classificação e ainda segurou o adversário direto na briga pela vaga na próxima Libertadores. Segundo o técnico Jair Ventura, agora o Alvinegro terá sua própria Copa do Mundo pela frente.

Com sete partidas para o fim da temporada, o Botafogo se vê em boas condições de fazer história e jogar a segunda Libertadores em dois anos, o que jamais ocorreu no clube. Agora, o Alvinegro já projeta os próximos duelos.

“Já pensamos no Fluminense. É nossa Copa do Mundo, sete finais para nossa vaga na Libertadores.”, disse o técnico Jair Ventura.

“É sempre muito difícil jogar aqui no Horto. Eu gostei muito do nosso primeiro tempo, da nossa estratégia. Tivemos mais espaço e sete cruzamentos. Depois, no segundo tempo, o jogo ficou equilibrado, tivemos a bola do jogo, mas o Atlético também teve, ficou aberto. Nossa chance foi mais clara, mas o empate foi justo pelo que as duas equipes apresentaram. Para um clube gigante como o Botafogo o empate não é um bom resultado, mas se você segura o Atlético e soma um ponto na briga pela vaga da Libertadores, tem que ser comemorado”, finalizou o treinador do Botafogo.

Com o empate diante do Atlético-MG, o Botafogo chegou aos 48 pontos e pulou para a 5ª posição – o Cruzeiro, com 47, entra em campo nesta segunda e pode recuperar a vaga. O Alvinegro volta a campo no sábado, quando receberá o Fluminense, no Nilton Santos.

Fonte: UOL