CTs: Bota busca projeto no profissional e licenças na base

Compartilhe:

O Botafogo tem sofrido derrotas burocráticas relacionadas ao seu patrimônio. E não se trata apenas da interdição do Engenhão, sacramentada no dia 26 de março. O clube vem tendo dificuldades para erguer o seu centro de treinamento do futebol profissional em Vargem Grande, em um terreno cedido pela Prefeitura do Rio, e ainda não conseguiu iniciar sequer a demolição da estrutura atual do CT de Marechal Hermes utilizado para as categorias de base.

O CT para os profissionais ainda não foi sequer para o papel. O investimento inicial, que seria feito pela AmBev, não foi oficializado e o dinheiro da Prefeitura, que ajudaria na implementação do projeto, também não entrou. Em Marechal Hermes, a questão é burocrática.

– Havia uma negociação que não foi concluída. O terreno é dividido com o Vasco e estamos correndo atrás de projetos para finalizar. Em Marechal, precisamos das licenças. O terreno é do Estado, mas quem autoriza é a Prefeitura. Parece que vamos conseguir finalmente a autorização para demolir o que está  lá. São quase 10 meses – comentou Maurício.

Enquanto a obra não começa, os jogadores das categorias de base que moravam nos alojamentos estão em Caio Martins, onde também treinam.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários