O garoto Rhuan foi uma das boas figuras do Botafogo na vitória sobre o Avaí por 2 a 0 nesta segunda-feira, no Estádio Nilton Santos, que tirou o Glorioso da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Revelado nas categorias de base do clube, o atacante revelou ter tido pesadelos durante o sono da tarde antes da partida, que marcou sua estreia como titular.

– Antes do jogo estava um pouco ansioso, nervoso, nem consegui dormir de tarde direito, tive uns três pesadelos (risos). Sonhei que estava atrasado para o jogo, não estava conseguindo encontrar o jogo, estava no hotel, procurando a escada, a saída, me perguntando: como que vou para o jogo? Não conseguia achar, estava desesperado, coração batendo forte… Mas agradecer a Deus por tudo o que tem feito comigo – disse Rhuan, arrancando gargalhadas dos jornalistas.

O jovem atacante alvinegro, nascido no ano 2000, mostrou tranquilidade ao comentar a substituição feita pelo técnico Alberto Valentim logo no início do segundo tempo. A torcida vaiou a escolha do treinador, que colocou Lucas Campos em seu lugar, aos 12 minutos da etapa final.

– Estava tendo pouca sequência, foi minha primeira partida como titular, tive um pouco de desgaste, o Alberto (Valentim) percebeu isso e foi o melhor para o grupo. O Lucas Campos entrou muito bem, sofreu o pênalti e nos ajudou muito. Trabalhamos sempre buscando a oportunidade. Tenho certeza de que o Alberto escolherá a melhor opção nos próximos jogos – finalizou Rhuan.

Fonte: Redação FogãoNET