Dirigentes de Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco se uniram e estão alinhados contra a Medida Provisória 841, que corta investimentos no esporte olímpico, universitário e escolar.

Nesta quinta, representantes dos grandes do Rio falarão sobre o tema na sede do Flamengo. A estimativa é que cerca de R$ 541 milhões sejam cortados. O evento terá também a presença de atletas.

A MP destina recursos antes alocados para o esporte à criação do Fundo Nacional de Segurança Pública. O cenário para os formadores é preocupante, já que a Confederação Brasileira de Clubes (CBC) sequer é contemplada na nova divisão proposta pelo governo de Michel Temer

Fonte: UOL