jogador tem aquele lance que se arrepende por ter tomada a decisão errada. Com Dudu Cearense, não é diferente. Com passagens por Seleções de base, pré-olímpica e principal, o volante lembrou do gol perdido contra o Paraguai, em 2004, que poderia ter classificado o Brasil para as Olimpíadas de Atenas, disputada em 2004. Aos 41 minutos , o volante perdeu uma grande chance na pequena área.

– Até hoje me perguntam e eu lembro. Se eu fizesse aquele gol… aquela bola foi muito rápida e veio quicando. A Seleção era uma das melhores do mundo. Robinho, Diego, Daniel Carvalho, Adaílton, Dagoberto… muito futebol. Não vencemos, então não valeu muito – lembra o volante, que era comandado exatamente por Ricardo Gomes.

Mas o volante, agora no Glorioso, quer continuar sua carreira de sucesso, e garante que a idade não será um problema. Ele até brinca com os 33 anos e valoriza a chance na equipe carioca.

– Eu estou com uma vontade de quando tinha 20 anos, mas tenho jogo cada partida como se fosse a última. Então estou aproveitando os últimos anos, e essa é uma oportunidade única na minha carreira – entende.

Fonte: Terra