Edílson promete jogar a alma e a vida e confia em vaga na Liberta: ‘Depende de nós’

Compartilhe:

Um empate em casa com a Portuguesa e a saída do G-4 do Campeonato Brasileiro não desestabilizarão o Botafogo. É o que garante o grupo. Na reapresentação, nesta quinta-feira, no Stadium Rio, os titulares fizeram musculação, enquanto os demais disputaram um coletivo. No início da preparação para o duelo contra o Atlético-PR, o lateral Edílson deu entrevista coletiva e manteve o tom de confiança.

“Desde o início, a gente vem fazendo uma temporada muito boa. Temos quatro jogos para consolidar. Não tenho dúvida de que temos que dar algo a mais nesses quatro jogos, vamos pensar um a um, para sair com as vitórias. O de sábado é o mais importante, é o pensamento de todos. Vamos jogar a alma e a vida”, promete.

“Vamos entrar para poder vencer todos os jogos. Ter saído do G-4 não nos desestabilizou em nada. Podemos entrar novamente na próxima rodada. Essa briga vai ser constante até o final. O Botafogo vai unir forças e dar o seu melhor para pegar uma vaga.Ttemos total controle que podemos chegar, depende só de nós. Não tenho nenhuma dúvida que vamos sair com alegria no rosto na final”, crê.

O lateral-direito frisou que para o Botafogo nada é fácil e pediu para a torcida acreditar até o fim. Ele, inclusive, elogiou o apoio dos alvinegros na partida contra a Portuguesa. Na opinião de Edílson, o time poderia ter saído com os três pontos.

“Desde o início, não só eu, como todos meus companheiros, buscamos bastante o gol. Infelizmente, a bola não entrou. Tive oportunidades em faltas, acabou não acontecendo o gol, pude levar perigo. Ficamos tristes por criar e não saírem os gols. O mais difícil é saber que tínhamos condições de vencer, criar e esbarrar no goleiro e na má sorte de a bola não entrar”, enfatiza.



Fonte: Site oficial do Botafogo

Comentários