Três jogos no Rio de Janeiro: três vitórias, muita intensidade, muita posse de bola, dois jogos sem sofrer gol e um Botafogo que encheu o seu torcedor de esperanças. Dois jogos fora do Rio de Janeiro: duas derrotas, muita posse de bola e poucas chances criadas. A pergunta que fica: qual é o real Botafogo de Eduardo Barroca?

Após a derrota contra o Goiás, o treinador, que tem pouco tempo de trabalho como treinador do Glorioso, pediu calma para saber qual é a realidade do clube no Campeonato Brasileiro:

– Depois da nona rodada, principalmente com o tempo de trabalho da parada da Copa América, eu consigo ter uma noção mais concreta no que a gente vai brigar.

Uma das características mais visíveis de Barroca é a parceria com seus jogadores. Os elogios nas vitórias também são vistos nas derrotas e o treinador fez questão de destacar o que vem sendo feito no dia-a-dia do clube:

– Uma coisa que eu posso falar para o torcedor é que os jogadores do Botafogo estão trabalhando muito duro, estão muito sérios, muito dedicados a levar o Botafogo ao ponto mais alto da tabela. Muito importante eu passar esse recado ao torcedor do Botafogo.

Botafogo volta a campo na quarta-feira pela Copa Sul-Americana, contra o Sol de América, no Paraguai. Pelo Campeonato Brasileiro, o próximo adversário é o Palmeiras, no sábado. Essa partida vai ser em Brasília, no estádio Mané Garrincha, após o time carioca ter vendido o mando de campo.

Fonte: Terra