Elias faz tratamento na folga para manter sequência no Botafogo e evitar novas lesões

Compartilhe:

O choro de Elias ao comemorar o primeiro gol na goleada por 4 a 0 sobre o Atlético-PR, sábado, no Maracanã, não foi em vão. Nesta segunda-feira, dia de folga para o grupo, o jogador esteve em General Severiano para dar sequência ao tratamento na coxa esquerda, local onde teve duas lesões seguidas, ficando afastado de nove jogos.

Ao sair de campo no jogo contra o Atlético-PR, Elias disse que vem jogando no sacrifício. O jogador é autor de oito gols no Campeonato Brasileiro e ajudou a quebrar um jejum dos atacantes do time, que passaram sete jogos sem marcar.

– Quero agradecer muito não só a Deus e companheiros como também aos meus familiares e profissionais do departamento médico do Botafogo, que sempre estiveram ao meu lado. Essa vitória que tivemos foi para eles também. Agradeço muito ao nosso fisioterapeuta, o Alex Evangelista, que além de um excelente profissional se tornou um grande amigo – disse Elias.

Nos bastidores, o jogador também fez questão de citar o gerente técnico Sidnei Loureiro. Segundo Elias, seu apoio foi fundamental para render ainda mais em campo.

– Quero agradecer também ao Sidnei Loureiro, que sempre acreditou no meu trabalho e me passou muita força no dia do jogo. Acabei ficando ainda mais confiante depois do apoio dele e consegui ajudar o time do Botafogo – afirmou.

A expectativa, agora, é de que o Botafogo volte a engrenar no Campeonato Brasileiro. A briga do time é por uma das vagas na Taça Libertadores. No momento, o time está na quinta colocação no Campeonato Brasileiro, com 57 pontos, fora da zona de classificação para a competição.

– Graças ao trabalho que estamos fazendo em conjunto, consegui jogar e ajudar o time a vencer uma partida muito difícil. Conseguimos uma importante vitória na busca por uma vaga da Libertadores e estamos totalmente focados para conquistar este objetivo – comentou o atacante.

Elias tem contrato com o Botafogo até o fim do ano. Emprestado pelo Resende, ele assumiu a posição de titular depois da saída de Vitinho para o CSKA Moscou. A expectativa é de que possa permanecer em 2014.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários