Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Em crise financeira, Santos e Botafogo jogam para salvar o ano na Copa do Brasil

0 comentários

Compartilhe

O duelo entre Santos e Botafogo nesta quinta-feira, às 21h30 (de Brasília), no estádio do Pacaembu, válido pelas quartas de final da Copa do Brasil, vale muito mais que a classificação para a semifinal. Em crises financeiras e sem títulos conquistados nesta temporada, os dois clubes querem salvar o ano conquistando a segunda competição nacional mais importante do país.

A classificação para a próxima fase na Copa do Brasil é vista pelos clubes como uma forma de atrair mais patrocinadores e, com isso, fortalecer o fluxo de caixa. O Santos, por exemplo, já atrasou cinco dos dez meses de salário neste ano. No mês passado, o clube pagou dois meses de direitos de imagem (maior parte) e um mês na CLT (Consolidação das Leis de Trabalho), popularmente conhecida como carteira profissional, além de premiações.

“A pressão a gente já tem de chegar e conquistar título. Uma coisa importante para ficarmos sabendo (patrocínios para a próxima fase) e ajudarmos tanto clube como a nós mesmos. Mas nosso foco total mesmo é conquistar o título. Grupo tem condição de buscar esse título. Tem outras grandes equipes, mas vamos fazer de tudo para conquistar”, afirmou David Braz.

“Que consigamos fazer o nosso resultado, que é passar para semifinal da Copa do Brasil que é objetivo da gente conseguir título, está difícil no Campeonato Brasileiro, seria milagre se conseguíssemos, mas Copa do Brasil acreditamos que podemos chegar apesar da dificuldade”, completou.

O Botafogo, por sua vez, tem 100% de suas receitas penhoradas pela falta de pagamento de tributos, o clube vive asfixia financeira. Já são três meses de salários atrasados em carteira e outros sete de vencimentos referentes a direitos de imagem. Torcedores ilustres da equipe alvinegra entraram ação em meio a crise e reuniram recursos para custear os valores dos jogadores do elenco, mas a crise continua.

Em relação ao time titular, Santos e Botafogo tem mudanças para o jogo. No alvinegro praiano, Enderson Moreira não contará com Robinho, que cumpre suspensão após ser expulso no jogo de ida. Além do camisa 7, Thiago Ribeiro e Aranha seguem vetados pelo departamento médico.

Por opção, Enderson sacou Damião e escalou Gabriel Barbosa. Eugenio Mena e Alison, que defenderam a seleção chilena e seleção brasileira sub 21, respectivamente, voltam ao time nas vagas de Caju e Souza. Rildo no lugar de Leandrinho completam as mudanças na equipe.

No Botafogo, o goleiro Jefferson se apresentou no hotel em São Paulo após servir à seleção brasileira e joga nesta quinta-feira. A presença do capitão ameniza os problemas de Vagner Mancini, que perdeu três nomes importantes para o duelo: André Bahia, Junior Cesar e Airton. Apesar da situação desconfortável no Brasileirão, o alvinegro carioca assegura foco na Copa do Brasil.

“A Copa do Brasil nos dá a possibilidade de terminar o ano de uma forma diferente. O torcedor gosta desse tipo de competição e infelizmente largamos em desvantagem, mas ainda temos a chance de reverter essa situação. O último jogo contra o Corinthians tem que servir como motivação e a equipe vem mostrando a cada dia que, além do aspecto da entrega, temos feito bons jogos e isso tem motivado o torcedor a acreditar que tudo é possível, inclusive avançar na Copa do Brasil”, afirmou Mancini.

Como venceu o primeiro jogo por 3 a 2 no Maracanã, o Santos se classifica para a semifinal com um empate ou derrotas por 1 a 0 ou 2 a 1. Se o Botafogo devolver o placar, a vaga será decidida nos pênaltis. Vitória dos cariocas a partir de 4 a 3 eliminam o alvinegro praiano.

FICHA TÉCNICA: SANTOS-SP X BOTAFOGO-RJ

Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 16 de outubro de 2014 (Quinta-feira)
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-SC)
Assistentes: Carlos Berkenbrock (SC) e Cleriston Clay Barreto Rios (Fifa-SE)

SANTOS: Vladimir; Cicinho, David Braz, Edu Dracena e Mena; Alison, Arouca e Lucas Lima; Rildo, Geuvânio e Gabriel.
Técnico: Enderson Moreira

BOTAFOGO: Andrey, Gabriel, Matheus Menezes, Dankler e Guilherme; Rodrigo Souto, Mario Bolatti e Cachito Ramírez; Rogério, Yuri Mamute e Wallyson
Técnico: Vagner Mancini

Comentários