Em dia de festa pelo título, Botafogo tenta manter concentração

Compartilhe:

Nesta segunda-feira, duas semanas após a conquista do título do Carioca, o Botafogo, enfim, receberá o troféu da competição, em evento em um hotel da Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Apesar de reviverem este clima de festa, os jogadores garantem que não vão perder a concentração para o importantíssimo jogo de quarta-feira, em Volta Redonda, contra o CRB. Como o ogo de ida, em Maceió, terminou 0 a 0, o Alvinegro precisa vencer para avançar na Copa do Brasil.

O meia Lodeiro disse que a equipe encara o duelo com o CRB como se fosse uma final, já que não passa pela cabeça de ninguém no Bota ser eliminado já na segunda fase.

– Nossa concentração não pode mudar, temos experiência para isso. Vamos desfrutar este momento, mas sabemos que temos um jogo importante na quarta. É uma final. Se ficarmos fora, seria uma decepção grande – afirmou o uruguaio.

Fellype Gabriel ratificou o discurso de Lodeiro e garantiu a festa termina assim que os jogadores deixarem o evento de premiação.

 

– Não podemos confundir, já que temos um jogo importante na quarta-feira. Tem a festa da entrega da taça, mas precisamos estar com a cabeça na Copa do Brasil.

Além da entrega do troféu, será formada a seleção do Carioca, posição por posição. Campeão, o Botafogo tem dez candidatos, e Fellype Gabriel foi o único que não entrou na lista, para supresa de todos, inclusive do próprio jogador.

– Pelo que fiz, fiquei surpreso de não estar entre os seis melhores meias. Mas sou tranquilo, fico feliz pelos meus companheiros, colocamos quase um time inteiro. O mais importante foi a  conquista do título.

Lodeiro, que concorre como melhor meia, também criticou a ausência de Fellype Gabriel entre os candidatos.

– Pessoalmente fiquei triste com isso. Foi um dos melhores, merecia estar brigando por essa premiação. Joga de lateral, volante, meia, faz gol… Acho que foi o que mais esteve em campo, é uma pena.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários