Na última quinta-feira, o Botafogo teve um dos piores públicos de sua história. Jogando para 377 pessoas, o time alvinegro bateu o Juazeirense-BA por 1 a 0 e seguiu vivo na Copa do Brasil. Apesar da alegria pela vitória, olhar o boletim financeiro da partida dá até tristeza.

A renda gerada pelo duelo foi de apenas R$ 3.870,00, já que foram só 335 pagantes. Isso não é suficiente para pagar nem a iluminação do estádio Los Larios, em Duque de Caxias, que ficou em R$ 6.000,00 na última partida do Bota no próprio campo, contra o Corurip-AL, também pela Copa do Brasil.

Também não dá para bancar outras despesas, como a taxa de arbitragem (R$ 4.580,00), o aluguel do estádio (R$ 10.000,00), o aluguel de grades (R$ 6.000,00), o posto médico (R$ 4.300,00) e a confecção de ingressos (R$ 5.000,00).

No jogo contra o Coruripe, aliás, o prejuízo botafoguense foi de R$ 68.504,04, já que a renda foi de apenas R$ 4.640,00, contra uma despesa de R$ 73.144,04. Contra o Juazeirense, a CBF ainda não divulgou o boletim financeiro, mas o buraco será ainda maior, já que a arrecadação caiu em R$ 770,00.

REPRODUÇÃO/GOOGLE

Estadio Los Larios Google Maps
Estádio Los Larios, em Duque de Caxias, fica no ‘meio do nada’

O Bota teve que jogar em Los Larios, que tem capacidade para 6 mil pessoas e pertence ao Tigres do Brasil, porque seu estádio, o Nílton Santos, está sob poder da organização dos Jogos Olímpicos do Rio 2016. No entanto, o “campo fantasma” da cidade na Baixada Fluminense parece não agradar ao público.

As razões são muitas, como mostrou matéria do ESPN.com.br no ano passado.

Para começar, o acesso ao estádio, que fica a 50km do centro do Rio de Janeiro, é tarefa para os corajosos, já que ele fica no meio do nada, com o carro sendo a única opção viável para ir às partidas. O transporte público praticamente inexiste neste ponto do Baixada, com um ônibus passando a cada 80 minutos (com sorte).

Além disso, o local é tão isolado que não há nem sinal de celular, muito menos 3G ou 4G.

Na próxima fase da Copa do Brasil, o Botafogo encara o Bragantino. Os jogos só acontecerão em julho, de acordo com a tabela provisória do torneio. Ou seja: a equipe da Estrela Solitária ainda não terá o Nílton Santos e provavelmente terá que mandar a partida em Los Larios.

Para azar de sua conta bancária…

Fonte: ESPN.com.br