A estratégia adotada pele TelexFree, patrocinadora do Glorioso, em levar cerca de mil equatorianos para acompanhar a partida entre Deportivo Quito e Botafogo, válida pela primeira fase da Libertadores, foi aprovada por Ricardo Mathians, especialista em Gestão e Marketing da Trevisan, membro da Academia LANCE!. Confira a opinião:

– Considero que tenha sido uma excelente ação de propaganda. Uma ótima forma de ativar o patrocínio junto ao torcedor. Porém,  tem de haver uma associação entre a marca da patrocinadora e o patrocinado.

O marketing do clube e patrocinadora precisam agir em conjunto. Nas arquibancadas, o torcedor tem a liberdade de usar a camisa que quiser, a exemplo do que acontece com as torcidas uniformizadas no voleibol.

No futebol, essa prática, por enquanto, não é muito usual, as propagandas das patrocinadoras geralmente se restringem às camisas dos jogadores em campo, mas se você encontra outras formas de expandir a marca, sempre associada ao clube, você ganha mais um viés de publicidade.

Fonte: Lancenet!