A defesa do São Paulo teve há poucos anos nomes que ficaram na memória do torcedor, como Diego Lugano e Miranda. O zagueiro Antônio Carlos, 30 anos, está longe de ser comparado a eles, mas, em pouco tempo, já impressionou o técnico Muricy Ramalho no Tricolor. E não é apenas nos desarmes. Ele também tem se destacado nos gols. Contra o Vitória, no último sábado, ele garantiu o triunfo por 3 a 2 marcando duas vezes.

Desde que Muricy voltou ao São Paulo, o time disputou oito partidas – sete pelo Brasileirão e uma pela Copa Sul-Americana. Neste período, Antônio Carlos divide a artilharia com Luis Fabiano, ambos com três gols. No campeonato nacional, ele fez quatro quatro, já que chegou ao São Paulo com um gol marcado pelo Botafogo nas primeiras rodadas.

Não é mesmo de hoje que Antônio Carlos se notabiliza por ajudar o ataque. Pelas contas da assessoria de imprensa do Tricolor, ele é o zagueiro que mais balançou as redes na era dos pontos corridos do Campeonato Brasileiro (desde 2003): 26 gols.  Ele também atuou por Fluminense, Atlético-PR e Atlético-GO neste período, além de Botafogo e São Paulo.

– Ele é hoje nosso principal zagueiro. Estou impressionado, porque nunca havíamos trabalhado juntos. Na sexta-feira, por exemplo, posicionei o time na bola aérea e ele foi muito bem na parte ofensiva. Toda bola cruzada na área ele subia e marcava. Isso pra mim foi uma surpresa desde que eu cheguei – elogiou Muricy, após a vitória de sábado.

Pelo São Paulo, o jogador disputou dez partidas e marcou três gols – o outro foi no 2 a 0 sobre o Vasco, em São Januário. Com ele no time, o Tricolor venceu seis vezes, empatou uma e venceu três. Sua ausência no jogo contra o Santos – estava suspenso – na última quarta-feira, foi bastante sentida pelo comandante tricolor.

– É uma sensação muito legal, ainda mais quando a gente ganha. Estou muito feliz de fazer os gols porque já estavam me cobrando (risos). Eu tinha prometido para a minha esposa que tentaria e dedico para o nosso grupo. A nossa situação é difícil, mas vamos conseguir sair lá de baixo – completou Antonio Carlos..

Fonte: Globoesporte.com