Em sua estreia na Copa América 2019, o Uruguai não tomou conhecimento do Equador e arrasou o adversário com uma vitória por 4 a 0, neste domingo, pela 1ª rodada do grupo C, no Mineirão, em Belo Horizonte.

O resultado foi construído praticamente todo no primeiro tempo. Lodeiro, ex-Botafogo e Corinthians, abriu a conta com um belo gol. Cavani ampliou com outro mais bonito ainda, de voleio. E Luis Suárez colocou mais um na conta, no oportunismo.

O Equador, aliás, jogou quase a partida toda com um atleta a menos, já que o lateral direito Quintero foi expulso pelo árbitro brasileiro Anderson Daronco na metade da primeira etapa, após consulta ao VAR, que resultou em cartão vermelho direto.

Na capital mineira, também chamaram a atenção as ofensas ao meia Giorgian de Arrascaeta, que foi reserva neste domingo.

Antes do jogo, o hoje jogador do Flamengo foi vaiado ao ter seu nome anunciado no telão.

Já no segundo tempo, quando os atletas da Celeste estavam aquecendo atrás do gol, diversos torcedores com camisas do Cruzeiro se aproximaram para xingar o ex-camisa 10 da Raposa. Entre as ofensas, “mercenário” foi a única publicável.

Com o resultado, os comandados de Óscar Tabárez já abrem boa vantagem na liderança do grupo, com 3 pontos e saldo +3, enquanto o time de Hernán Darío Gómez se complica, na lanterna com 0 ponto e saldo -3.

Na próxima rodada, o Uruguai encara o Japão, quinta-feira, às 20h (de Brasília), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

No dia seguinte, também às 20h, o Equador pega o Chile.

Fonte: ESPN Brasil