A vida do jovem atacante Allano sofreu uma reviravolta nos últimos dias. Logo no primeiro dia de trabalho do técnico Vanderlei Luxemburgo no Cruzeiro, o jogador foi relacionado para o duelo contra o Flamengo, quarta-feira passada, no Mineirão, e fez a sua estreia na equipe profissional de um clube ao entrar no segundo tempo da partida. Mas, antes de chegar na Toca, o garoto revelou ter passado por dificuldades e quase deixou o futebol.

Revelado pelo Olaria, Allano se transferiu para o Botafogo, onde ficou entre 2007 e 2011. Depois, foi para o Corinthians, não se adaptou e retornou para o Rio de Janeiro. Após ser dispensado da base do alvinegro carioca por indisciplina, o atacante ficou três meses parado e, precisando ajudar a família em casa, pensou em largar a carreira no futebol e começou a entregar currículos em empresas mesmo sem experiência profissional.

“Foi um momento de muita infelicidade, onde fiquei quase três meses parado, sem fazer nada. Eu pensava em até sair distribuindo currículo, mas não tinha experiência, nunca tinha trabalhado e nenhum emprego. Foi um ato de desespero mesmo. Fui até em farmácia procurar emprego porque as coisas lá em casa estavam difíceis e quando chegou a oportunidade no Cruzeiro eu não acreditei”, comemorou.

Além de participar da vitória sobre o Flamengo, Allano voltou a ser acionado por Luxemburgo no segundo tempo do clássico contra o Atlético. O jovem atacante agradeceu ao superintendente das categorias de base do Cruzeiro pela oportunidade no clube.

“O Bruno Vicintin mandou um empresário atrás de mim no Rio de Janeiro. Conseguiram me encontrar, nos reunimos e acertei a minha vinda para os juniores”, contou. “Estou muito feliz. É um momento único para um menino que sobe da base. As coisas aconteceram muito rápido na minha vida”, completou.

Com personalidade, Allano garante que está preparado para o próximo passo na carreira: ser titular do Cruzeiro. “Digo para todo mundo que eu já nasci preparado para jogar futebol, Deus me deu esse dom. Sou confiante e me sinto preparado para tudo”, declarou.

Fonte: Rádio Itatiaia