Reforço do Botafogo festejado pela torcida, Keisuke Honda deve estrear com a camisa alvinegra no próximo mês. Um dos últimos clubes do craque japonês foi o Melbourne Victory, da Austrália, em 2018 e 2019. O técnico Kevin Muscat, que trabalhou com o astro, avaliou a passagem.

Banner da loja do FogãoNET para faixa japonesa

– Keisuke é diferente de tudo o que você pode encontrar no futebol. Tem vários interesses que vão além do esporte. Exerce grande influência nos outros jogadores e nos ajudou muito em campo, até que sofreu uma lesão na coxa. Depois disso, não conseguiu ser mais o mesmo jogador – explicou Kevin Muscat à “Folha de S. Paulo”.

Além de jogador, Honda, segundo o jornal, é dono do clube SV Horn da Austrália, manager da seleção de Camboja, empresário, investidor do time de eSports Gen.G e sócio de Will Smith em um fundo de investimentos. Ele planeja montar o clube One Tokyo no Japão.

No Brasil, Honda mantém o foco no futebol e no Botafogo. Prova disso é que o craque recusou convites para curtir o carnaval na Sapucaí. Na última sexta-feira, ele participou de jogo-treino com os reservas alvinegros contra o Resende no Estádio Nilton Santos.

Fonte: Redação FogãoNET e Folha de S.Paulo