Depois de sentir um gol marcado pelo pai, Roger, a menina Giulia, de 11 anos, pôde, nesta quarta-feira, sentir também o que é ser saudada pela torcida Alvinegra.

Antes da partida contra o Avaí, ela entrou em campo junto com o pai. Os torcedores gritaram “Olê, olê, olê, olá, Giulia, Giulia”.

A história da menina veio à tona depois de uma reportagem do Globo Esporte que levou uma impressão em 3D com momentos do gol marcado por Roger contra o Sport, pela Copa do Brasil. Ela também pôde ouvir o narrador Luis Roberto narrando pessoalmente o gol.

Roger beija a filha Giulia: a melhor imagem desta segunda (FOTO: Vitor Silva/SSPress)
Fonte: Extra Online