O Nilton Santos (Engenhão) está de portas abertas para os clubes do Rio de Janeiro, mas desde que haja um acordo financeiro com o Botafogo, vencedor da licitação do estádio. Flamengo e Fluminense têm utilizado a casa do rival em partidas pontuais, mas o alto preço impede que haja um pacotão de jogos para os clubes. No Carioca, o valor está pré-estabelecido: R$ 200 mil em clássicos e R$ 100 mil para os demais – em outros torneios, o preço varia a partir de R$ 150 mil. Diretorias do Tricolor e do Rubro-negro querem redução da quantia para firmar parceria mais longa.

Fonte: UOL