​Após a derrota para o Avaí, o Botafogo se reapresentou no Estádio Nilton Santos e iniciou a preparação para encarar o Atlético-MG. Dos titulares, apenas Gatito e Roger compareceram. Os demais foram liberadores pelo departamento médico.

Montillo, que saiu lesionado aos sete minutos de jogo, também foi liberado e se reapresenta nesta quarta-feira (28). Após o treino dos reservas, o goleiro Gatito concedeu coletiva.

Confira, abaixo, os principais trechos da entrevista com Gatito.

Já conversou com Montillo para saber como está a situação do argentino?

“Não consegui falar com ele. Imagino como ele deve estar se sentindo. Estou esperando ele esfriar a cabeça. O grupo mais do que nunca tem que estar bem fechado. Ajudar o Montillo nesse momento difícil. Ele não está conseguindo sua melhor performance. Ele é um grande profissional e sente bastante. Pelo profissional que ele é, isso acaba doendo um pouco mais”.

Como está sendo a sua relação com o amigo Jefferson?

“Minha relação com o Jefferson é muito boa. Ele me ajuda, fala sobre o jogo, as coisas que ele observa, me passa a experiência dele. Ele também me dá apoio, o que é o mais importante. É um cara muito humilde com todos os goleiros. Temos uma relação de bons companheiros. Eu estou na seleção paraguaia, e ele pode voltar daqui a pouco para a seleção brasileira. Isso é bom para o Botafogo”.

Como está a preparação da equipe para encarar o Atlético-MG?

“Um time muito experiente, jogadores de nome, com uma grande trajetória. Vão jogar em um estádio que conhecem muito bem, a torcida apoia bastante. Temos que fazer um jogo inteligente e ficar atentos a cada detalhe. O Atlético-MG tem jogadores de muita qualidade e jogadores que gostam de chutar muito a gol”.

Fonte: Esporte Interativo