Grêmio é pedra no sapato do Botafogo por Copa Libertadores

Compartilhe:

Quando as partidas entre Botafogo e Grêmio envolvem disputa de vaga na Libertadores, o torcedor do Botafogo, definitivamente, não tem boas lembranças. O rival de sábado pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro, às 18h30, no Maracanã, historicamente tem sido uma pedra no sapato do Alvinegro em relação ao torneio continental.

O “drama” começou no longínquo ano de 1996. As equipes se enfrentaram nas oitavas de final da Copa Libertadores. Era um grande confronto na época. Afinal, reunia os atuais campeões brasileiros e da Libertadores. Porém, um empate no Maracanã em 1 a 1 (gols de Jamir e Jardel) e a vitória gremista no Olímpico, por 2 a 0 (Luciano e Carlos Miguel), deu a vaga para os gaúchos.

Mais recentemente, o Grêmio voltou a atribular a vida do Glorioso. Em 2010, eles disputaram a última vaga na Libertadores do ano seguinte ponto a ponto. E um confronto na última rodada, em Porto Alegre, definiria quem levaria a vaga. O técnico Joel Santana escalou um time bem cauteloso, com três zagueiros e três volantes, mas não adiantou. Goleada gremista por 3 a 0, com gols de Douglas, André Lima e Jonas.

No ano passado, a estreia de Seedorf tinha tudo para ser uma festa. Até foi, mas só antes da partida. Depois, o presente de grego dado pelo Grêmio, que venceu por 1 a 0 (gol de Marcelo Moreno), não foi bem digerido pela torcida alvinegra.

Neste ano, novo fato acirrou a rivalidade entre as equipes. O experiente meia Zé Roberto deu um carrinho com força desproporcional no lateral-direito Lucas e acabou fraturando o tornozelo esquerdo do alvinegro, que ainda não voltou a jogar. O resultado da partida? Grêmio 2 x 1 Botafogo (dois gols de Vargas e um de Seedorf).

CONFRONTO NÃO É FEITO SÓ DE TRAGÉDIAS

Mas o confronto não reserva apenas tragédias para o clube de General Severiano. Em 2011, Loco Abreu marcou após bela jogada de Maicosuel e garantiu a vitória por 1 a 0, em pleno Olímpico.

Os números do Botafogo no Rio de Janeiro também são animadores. Das últimas 15 partidas contra o Tricolor gaúcho na cidade, foram nove vitórias, quatro empates e apenas duas derrotas (2001 e 2012).

Fonte: Lancenet!

Comentários