Zagueiro, atacante; 30 anos, 19; titular há sete anos, recém-promovido. Tão distantes, tão próximos, Gum e Ribamar chegam em momentos parecidos ao jogo de hoje, às 16h, entre Fluminense e Botafogo, em Volta Redonda. Em ascensão na carreira, o jovem atacante anos virou um novo carrasco tricolor ao marcar três vezes nos últimos três jogos. Do outro lado, o zagueiro — autor do gol de empate no único Clássico Vovô do ano em que o tricolor não saiu derrotado — vive uma fase especial na montanha-russa que tem sido sua trajetória. Em comum, eles têm a simpatia, mas também a desconfiança de suas torcidas.

Cria da CDD, como é carinhosamente chamada a comunidade da Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio, Ribamar fazia apenas seu segundo jogo profissional como titular quando marcou contra o Fluminense seu primeiro gol com a camisa do Botafogo. Ele veio em um lance de oportunismo e abriu os olhos para o atacante formado na base, mas sem grandes expectativas sobre seu futuro. Desde então, foram outros três gols como profissional, dois dele sobre o Fluminense.

— Tenho um retrospecto bom (contra o Fluminense): três jogos e três gols. Sempre bom lembrar. Espero fazer mais um — declarou ele.

Com contrato renovado até o fim de 2018 e uma cláusula rescisória de R$ 24 milhões, Ribamar tem na velocidade e na força as armas para vencer seus adversários. Falta ao jogador habilidade e experiência para tomar as melhores decisões em campo. Ainda assim, foi ele que conseguiu, na última quarta-feira, o gol que abriu o caminho para a primeira vitória do clube no Brasileiro, contra o Atlético Paranaense (o jogo terminou 2 a 1).

Apesar do crédito que tem em General Severiano, o clube — e parte da torcida — não deposita todas as fichas em Ribamar. Por isso, saiu às compras em busca de novos atacantes. Por enquanto, já trouxe Anderson Aquino, ex-Linense; Rodrigo Pimpão, que teve uma boa passagem pelo clube no primeiro semestre de 2015; e o chileno Gustavo Canales, que estava no Universidad de Chile. Vindos do futebol internacional, os dois últimos só poderão estrear na segunda quinzena de junho.

NA ORIGEM DOS GUERREIROS

Gum é o guerreiro original. Da cabeça dele a torcida tirou a ideia do apelido que virou símbolo de um time, de uma era. Com uma bandagem para estancar o sangue que escorria, o zagueiro continuou em campo contra o Cerro Porteño e marcou o gol que levou o tricolor à final, em uma das épicas batalhas na Copa Sul-Americana em 2009 (marcado também pela fuga do rebaixamento). O grito dos torcedores passou a adicionar o Guerreiro após o seu nome na saudação ao jogador.

Mas nem sempre foi assim. Mais longevo do elenco no clube depois de Fred, Gum tem uma carreira nas Laranjeiras, onde chegou em agosto de 2009, semelhante aos momentos do Fluminense: de altos e baixos. Já passou por rebaixamento, ganhou dois títulos nacionais, sempre como titular, e esteve por duas vezes nas zagas eleitas as melhores do Brasileiro. Falha, como todo zagueiro e ser humano. E a torcida não perdoa, vaia e pede sua saída. Um relacionamento tênue entre a idolatria e a perseguição.

Gum esteve para deixar o clube em 2015, quando renovou por quatro anos e, em 2016, alcançou o posto de jogador que mais tempo atuou com a camisa do Fluminense no Brasileiro. Hoje, quando entrar em campo, fará o seu 190º jogo pela competição nacional. Tem, ao todo, 320. Já fez 24 gols. Mesmo quando esteve em má fase, na reserva, Gum não reclamou. Levir Culpi foi o responsável por recuperar tecnicamente um zagueiro quase esquecido e que virou peça crucial da defesa.

— Jogar no Fluminense é assim. Se vencermos, o moral e o respeito dos adversários aumentam — disse Gum.

FLUMINENSE X BOTAFOGO

Fluminense: Diego Cavalieri, Jonathan, Gum, Henrique e Giovanni; Pierre, Edson, Cícero e Gustavo Scarpa; Richarlison e Fred.

Botafogo: Helton Leite, Luis Ricardo, Emerson, Emerson Silva e Victor Luis; Bruno Silva, Fernandes, Marquinho, Leandrinho; Salgueiro e Ribamar.

Juiz: Marcelo Aparecido de Souza (SP).

Local: Volta Redonda.

Horário: 16h

Transmissão: Rede Globo e Rádios Globo e CBN.

Fonte: O Globo Online