O clássico entre Flamengo e Botafogo, pela quarta rodada do Brasileirão, foi marcado para o estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. O jogo está agendado para as 11h do dia 4 de junho.

A opção pelo estádio no Sul Fluminense foi a alternativa provisória encontrada diante da falta de laudos para a Arena da Ilha. O Flamengo indicou à CBF o Luso-Brasileiro, mas ainda não conta com a documentação necessária. A entidade, no entanto, deixou a possibilidade de alteração se o clube entregar a papelada até cinco dias antes do jogo, ou seja, 30 de maio.

O prazo de cinco dias para alterações no local dos jogos é aplicado para mudança de estádios da mesma cidade, mas a CBF abriu a concessão por entender que não haveria prejuízo aos clubes.

Seja qual for a definição (Raulino ou Ilha), fato é que a torcida do Flamengo será maioria, já que o mando é rubro-negro e a proporção a ser aplicada nesse caso é a de 90/10.

O Flamengo, assim, evita a utilização do Maracanã, que demanda alto custo de aluguel e operacional. No Maraca também houve a “faísca” para a crise mais recente entre as diretorias dos rivais. O Botafogo não gostou da iluminação rubro-negra no jogo pela semifinal do Carioca, vencido pelo Fla.

Fonte: Terra