Estreante da noite em Volta Redonda, o técnico Eduardo Húngaro admitiu que a parte física contribuiu para o desempenho abaixo do esperado do Botafogo no empate em 1 a 1 com o Resende, neste sábado, na abertura do Campeonato Carioca.

– Tivemos 15 dias apenas de trabalho e a equipe sentiu principalmente a parte física. Foi um jogo que tivemos que montar uma estratégia para sermos fortes defensivamente e com condição de sair e criar jogadas de perigo. Tivemos dois lances de perigo que poderiam ter nos trazido a vitória – afirmou.

O comandante alvinegro elogiou o volante Renato, que vestiu a camisa 10 e marcou o gol de empate do Botafogo.

– Renato fez um ótimo jogo, não foi surpresa para mim o posicionamento com ele. Na Sevilla ele jogou mais adiantado, tem recurso técnico, fez um gol, construiu jogadas e teve o lance de cabeça que poderia ter resultado na vitória – finalizou.

Fonte: Redação FogãoNET