A maratona do Campeonato Brasileiro é uma prova de fôlego e resistência, e o Botafogo festeja estar com todo o grupo à disposição para a sequência que se aproxima.

Exceção feita ao goleiro Jefferson, que ainda se recupera de uma cirurgia no braço esquerdo, todo o elenco está às ordens do técnico Jair Ventura, que sabe bem a importância de ter o maior número de alternativas em mãos. Na próxima segunda-feira, o Alvinegro começa diante o Atlético-PR uma sequência de cinco partidas em 20 dias. Depois do Furacão, os botafoguenses encaram Fluminense, Cruzeiro, Santos e Vitória.

— É importantíssimo estar com o departamento médico vazio. Estar com todo elenco à disposição aumenta nosso leque de variações, até mesmo de uma eventual mudança de sistema — destacou Jair: — O Campeonato Brasileiro é longo, temos os cartões e as lesões, infelizmente. Sabemos da importância de ter todo o nosso grupo.

Com duas vitórias nos últimos dois confrontos, o substituto de Ricardo Gomes aposta na manutenção do time que tem jogado. Assim, a tendência é que não haja muitas novidades na escalação contra os paranaenses. Assim, a única mexida provável para segunda é a entrada do volante Bruno Silva, que volta após cumprir suspensão, na vaga de Fernandes.

— Pelo momento, devemos manter a equipe. Treinamos algumas opções, variações de sistema também. No futebol as coisas mudam muito rápido, mas de início será o mesmo time — confirmou o técnico.

Fonte: Extra Online