Depois de o Botafogo treinar entre o final da tarde e o início da noite deste sábado, em atividade realizada no Engenhão, o técnico Jair Ventura concedeu entrevista coletiva e confirmou que irá escalar a força máxima que tem à disposição para o clássico deste domingo, contra o Flamengo, às 16 horas, no Maracanã, pela semifinal do Campeonato Carioca.

O treinador optou por levar o melhor time possível a campo mesmo com o desgaste acumulado pela equipe, que viajou até o Equador para enfrentar o Barcelona de Guayaquil, na última quinta-feira, pela Copa Libertadores, onde conquistou um empate por 1 a 1. Até mesmo o zagueiro Joel Carli, poupado do treino deste sábado por precaução após se recuperar de lesão, teve presença confirmada contra os flamenguistas.

“Ele (Carli) foi poupado, todos estão cansados, mas ele vem de uma situação de lesão, por isso preservamos. Mas joga, vai para o jogo. Tirando o cansaço, vamos com todos os nossos atletas. Com as baixas que vocês já sabem: os laterais, o Bruno e o Emerson (Santos)”, avisou o comandante.

Jair Ventura ainda exibiu otimismo ao ser questionado por um repórter se via o Flamengo como favorito neste domingo. “Não, clássico não tem favoritismo. Até pela equipe do Flamengo, bem armado pelo Zé Ricardo, não é uma equipe que vai jogar pelo empate, não. Vai ser um bom jogo, eles têm característica ofensivas, assim como as nossas, e quem for mais eficiente no terço final do campo vai conseguir jogar a final”, analisou.

O time flamenguista atuará com a vantagem de poder jogar por um empate para ir à decisão pelo fato de ter realizado melhor campanha até aqui neste Carioca. Porém, o treinador aposta em um rival empenhado em busca de gols. “O Flamengo é ofensivo e não vai abdicar de atacar”, disse.

Para completar, o comandante alvinegro prometeu que o Botafogo estará em boas condições físicas para tentar superar o Flamengo. “Eles (adversários) estão achando que podem tirar algum proveito do nosso cansaço, mas nosso time é de entrega, de garra. Pode pesar a viagem (de ida e volta para o Equador), mas em uma decisão não. Vamos estar novinhos em folha para fazer o nosso melhor. Temos a nossa estratégia para vencer a forte equipe do Flamengo”, enfatizou.

Fonte: O Dia Online