Com o empate sem gols na Independência, na tarde deste domingo, o Botafogo não voltará de Belo Horizonte como queria – com os três pontos – mas volta contente, afinal, jogou sem o volante Rodrigo Lindoso e o meia Marcos Vinícius e enfrentou um adversário complicado em casa. Pelo menos é o que garante o técnico Jair Ventura.

– Não gosto de desculpas, mas eles fizeram falta. Rodrigo Lindoso e Marcos estavam jogando bem… Para um clube gigante como o Botafogo o empate não é um bom resultado, mas se você segura o Atlético e soma um ponto na briga pela vaga da Libertadores, tem que ser comemorado – comentou o treinador do Glorioso.

Por mais que o Botafogo tenha sofrido pressão por quase todo o segundo tempo, o técnico do Alvinegro crê que o 0 a 0 de Belo Horizonte foi justo, pois nenhuma equipe jogou de forma covarde.

– O Atlético realmente cresceu no segundo tempo, aumentaram o volume de jogo, com o apoio da torcida. Tivemos algumas oportunidades, mas acabamos não fazendo o gol. É natural que o time da casa fique com mais posse de bola. Mas foi justo, um bom jogo, com emoções, nenhuma equipe se abdicou de jogar – completou.

Com o resultado, o Botafogo subiu para quinto e agora está com 48 pontos. No próximo fim de semana, o adversário é o Fluminense, no Nilton Santos, no sábado, às 19h. O Glorioso mantém a liderança do returno, com 23 pontos e sete vitórias em doze jogos.

Fonte: Terra