Jefferson tenta esquecer derrota para o Ceará: ‘Temos que recuperar os pontos’

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

A derrota de 1 a 0 para o Ceará na noite de terça-feira realmente não estava nos planos dos jogadores do Botafogo. A ideia é tentar agilizar o acesso para a elite do futebol o mais rapidamente possível e por isso mesmo os pontos perdidos em casa estão fazendo falta. Neste cenário, o elenco planeja recuperar a pontuação atuando como visitante e a primeira oportunidade é o duelo do próximo sábado, às 17h30(de Brasília), contra o Náutico na Arena Pernambuco, em Recife (PE), pela 32ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Na visão do goleiro Jéfferson, o duelo contra o Ceará deve ser esquecido.

“O tropeço contra o Ceará não fazia parte do nosso planejamento, mas infelizmente não podemos apagar o que já aconteceu. O importante neste momento é olharmos para o futuro, para o que está por vir. Temos um jogo contra o Náutico que vai ser muito complicado, mas que é uma grande oportunidade de somarmos pontos fora de casa. Estamos perto do nosso objetivo, mas temos que recuperar os pontos que perdemos contra o Ceará”, disse o arqueiro.

O zagueiro Renan Fonseca segue a mesma linha de raciocínio. “A gente contava em chegar neste momento com mais três pontos e o tropeço contra o Ceará infelizmente impediu que isso acontecesse. Precisamos equilibrar essa pontuação ganhando fora de casa e o jogo contra o Náutico é a primeira oportunidade que vamos ter. Sabemos que não vai ser um jogo tranquilo, pois o adversário também precisa do resultado e faz boa campanha, brigando pelo acesso. Mas o Botafogo vai tentar se impor desde o começo”, disse o defensor.

Nesta sexta-feira pela manhã, o técnico Ricardo Gomes comanda um treino que vai ser decisivo para definir a escalação que vai a campo contra os pernambucanos. O único desfalque em relação ao último jogo é o atacante Neilton, que vai cumprir suspensão por ter sido advertido com o terceiro cartão amarelo contra o Ceará.

Sassá surge como a primeira opção na lista, com Ronaldo correndo por fora. Após o treino, a delegação segue para a capital pernambucana. Os botafoguenses aparecem na liderança do Campeonato Brasileiro com 59 pontos conquistados, três a mais que o Vitória.

Fora de campo, a diretoria desmentiu informação veiculada pela imprensa carioca dando conta de que o Estádio Nilton Santos passaria a ser administrado em conjunto com o Flamengo, para assim amenizar possíveis prejuízos e aumentar a receita. Os flamenguistas também desmentiram a informação.

Em uma nota oficial, o Glorioso informou que “O Botafogo é o concessionário do Estádio Nilton Santos e frisa que assim permanecerá até o final do prazo da concessão, não admitindo o seu compartilhamento com qualquer outro clube do Rio de Janeiro.”

Atualmente o estádio é parte das estratégias da diretoria para conseguir colocar em dia as finanças do Glorioso, cujo o total de dívidas já supera a casa de R$ 950 milhões.

Notícias relacionadas