Jogadores do Botafogo lamentam chances de gol perdidas e prometem virada

Compartilhe:

O Botafogo finalizou 17 vezes ao gol da Portuguesa, sendo que sete foram em chances claras de gol. O goleiro Lauro fez cinco defesas consideradas difíceis. Números que geralmente refletem a superioridade de um time vencedor. Mas não foi o caso. Todas as chances criadas foram desperdiçadas e o Alvinegro saiu de campo com um ponto e cheio de frustração.

Os jogadores lamentaram muito as oportunidades perdidas. O zagueiro Bolívar ressaltou a superioridade alvinegra.

– A bola não entrou. Quem acompanhou, viu que o Botafogo tentou a tempo todo a vitória, infelizmente ela não aconteceu. Agora é ter paciência e não desperdiçar as oportunidades de vencer em casa – disse o zagueiro, já de olho no jogo de sábado, contra o Atlético-PR, no Maracanã.

Seu companheiro de zaga, Dória engrossou o discurso:

Botafogo e Portuguesa (Foto: Andre Durão)
Rafael Marques garante que time vai se reerguer (Foto: Andre Durão)

– Tentamos de todos os jeitos, mas não conseguimos vencer a partia. Agora é trabalhar porque o campeonato ainda não acabou.

O Botafogo deixou a zona de classificação para a Libertadores pela primeira vez desde que se colocou entre os quatro primeiros na quinta rodada. Restam quatro jogos para o fim do Brasileiro e o Alvinegro foi ultrapassado pelo Goiás (56 a 54 pontos). O espírito do grupo, no entanto, é de não desistir e lutar até o fim.

– Infelizmente a bola não entrou. É a primeira vez que saímos do G-4 desde a quinta rodada. Determinação, vontade e raça não faltaram e não vão faltar. Ficamos chateados, mas é erguer a cabeça. Vamos brigar pela vaga até o final se for preciso – garantiu o atacante Rafael Marques.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários