Finalizada a Copa América chegou a hora dos clubes do futebol brasileiro se prepararem para voltar ao ritmo de jogos. Após a folga de domingo, a delegação do Botafogo se reapresentou na tarde desta segunda no Nilton Santos, onde Eduardo Barroca comandou um treino em dos campos anexos do estádio. Devido a “lei do silêncio”, não houve a tradicional coletiva ao término do treinamento.

Aos poucos, o treinador vai dando forma ao time que pretende levar a campo para enfrentar o Cruzeiro no Mineirão no domingo, às 16h. Em uma das atividades, ele dividiu o elenco em quatro grupos. Dois com prováveis titulares e os outros com os reservas. Nos primeiros, a novidade foi a presença de Jonathan. Ele esteve ao lado de Fernando, Joel Carli, Gabriel, Bochecha e Jean. Cícero fez somente um trabalho à parte e não ficou com os demais.

Ainda sem saber se permanece, o meia Leo Valencia chegou não treinar com junto do elenco, mas foi reintegrado normalmente. Quando Barroca deu fim à sessão, o chileno passou um bom tempo conversando com Barroca. O contrato de Valencia está prestes a encerrar, mas há uma cláusula de prorrogação automática. O Botafogo espera receber uma boa compensação financeira para vendê-lo. A situação está sendo discutido de forma “cuidadosa”, de acordo com dirigentes do clube. O vice Gustavo Noronha confirmou sondagens do Chile, mas sem uma proposta em específico.

Fonte: Terra