Por Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro, o Botafogo vem de três derrotas seguidas sem sequer conseguir fazer gol. A má fase da equipe começou na semana passada, mas o centroavante Roger garante que ela vai terminar nesta quinta-feira, no duelo contra o Nacional-URU, pela Copa Libertadores. A partida é a primeira pelas oitavas de final da competição.

– A Libertadores é o melhor remédio para curar essas derrotas. Até porque queremos muito ganhar esse jogo. Está na nossa cabeça há alguns dias. Desde que houve o sorteio se fala nisso. Cada um no seu particular já viu como eles jogam. Não é legal vir de três derrotas, não pode perder esses três jogos. Temos que nos reerguer. Quinta-feira essas derrotas vão acabar – decreta.

Faz 40 dias desde a última partida do Glorioso pelo torneio continental. Aquela derrota por 1 a 0 para o Estudiantes (ARG) já ficou distante. E como o principal objetivo do grupo alvinegro é continuar viajando pela América, o centroavante admite que estava com saudade do torneio e do ambiente que o envolve.

– Já (estava com saudade)… olha essa sala. Não é todo dia que estão todos vocês (da imprensa). Queremos fazer história, avançar. Sabemos que o Nacional-URU é uma grande equipe, líder do campeonato uruguaio, mas do outro lado tem o Botafogo, capaz de passar por mais um campeão e voltar vitorioso de lá – garante o camisa 9.

Fonte: Terra