Antes de tudo, queremos salientar que todo e qualquer torcedor botafoguense que compre seu ingresso, tem direito de apoiar, protestar, xingar qualquer jogador, vaiar treinador e demonstrar qualquer insatisfação que seja com o elenco. Acreditamos fielmente nisso e, inclusive na Loucos, tem membros que vaiam determinadas vezes e outros que apoiam.

É direito individual de cada torcedor ter sua própria reação perante à partida e isso deve ser respeitado. Infelizmente, não foram poucos os jogos desde o começo do ano em que brigas aconteceram por esse motivo, em todos os setores do estádio (Leste, Norte e Oeste). Um botafoguense quer vaiar, outro quer cantar, um não respeita o direito do outro e assim discutem e, muitas vezes, acabam brigando.

Ontem, após o segundo gol do adversário, uma série de problemas acabou acontecendo.

Acreditamos muito em alguns princípios que temos desde 2006 e jamais abandonaremos. Não importa o que aconteça, durante toda a partida, a Loucos vai cantar para o BOTAFOGO. Depois, aí sim, podemos vaiar, xingar, cobrar. Aliás, é bom lembrar, há duas semanas nossos membros estavam cobrando esse mesmo elenco no aeroporto, pedindo vontade, empenho e postura.

Cerca de 30 pessoas na arquibancada, após o gol da virada deles, começaram a xingar o Jair e alguns jogadores. A Loucos, como sempre fez, continuou cantando para o BOTAFOGO. Daí começaram os problemas, já que esses 30 torcedores começaram a nos xingar, vieram pra cima e cantaram especificadamente contra a Loucos.

Logo após isso, aconteceu a briga na arquibancada e essa confusão toda.

Nos mais de 11 anos de Loucos, jamais tivemos casos de violência, sempre pregamos a paz e o bem ao BOTAFOGO. Nossa história fala por nós e nosso crescimento cada vez maior, além do respeito que grande parte da torcida do BOTAFOGO tem pela gente, pode representar bem isso.

Mas a verdade precisa ser dita: só nos defendemos desse grupo específico e voltado especificadamente contra a Loucos. Não iniciamos nada contra qualquer torcedor alvinegro.

Não estamos satisfeitos com o atual rendimento do time, inclusive cobramos isso há semanas atrás e continuaremos a cobrar, principalmente, empenho, postura e vontade de jogar pelo BOTAFOGO.

Nosso trabalho continua. Faremos cada vez mais pelo BOTAFOGO. Faremos mais músicas que irão explodir na arquibancada, pintaremos mais muros, exaltaremos o clube nas bandeiras, faixas e camisas, cantaremos sempre sem parar pelo Glorioso e cobraremos quando for necessário, como fizemos há pouquíssimo tempo.

Temos muito orgulho do que somos, viramos e do que fazemos.

A toda a torcida do BOTAFOGO, principalmente os presentes ontem na Leste Inferior, pedimos nossas sinceras desculpas. Por mais que não tenhamos começado o lamentável ocorrido, acabamos participando e podem ter certeza, o que menos queremos é violência. O que pregamos é torcer, apoiar e exaltar o BOTAFOGO, sempre em paz.

A luta continua, sempre em prol de um BOTAFOGO mais forte, melhor e mais vencedor. Durante o jogo apoiamos, fora dele cobramos.

Desde 2006, sempre com o BOTAFOGO.

A Barra do Glorioso.

Foto: Lucas Frazão
Fonte: Facebook Loucos pelo Botafogo