Mancini: ‘A gente ouviu o canto da torcida no DF. Essa lua de mel aconteceu’

Compartilhe:

O técnico do Botafogo, Vágner Mancini, destacou que a vitória sobre o Fluminense, neste domingo, no Estádio Mané Garrincha, veio no momento em que o clube começou a regularizar a situação salarial da equipe. Satisfeito com a saída da zona de rebaixamento, e com o bom resultado no clássico, ele enfatizou que o jogo mostra a importância da superação da crise financeira e a necessidade de que todos enxerguem que é preciso pagar salários em dia.

— Não é nem o fato de ter recebido ou não. É o fato de não ter que ser preocupar com esse tipo de coisa. O atleta é um ser humano. Nos tiraram um peso das costas. Não só dos jogadores, mas dos funcionários. A alegria voltou, e você consegue tirar mais dos atletas nesses dias — disse Mancini.

O treinador contou que ouviu o grito da torcida botafoguense no estádio e falou o que espera que seja feito com a renda superior a R$ 2 milhões:

— Sobre o dinheiro, espero que seja bem encaminhado, para que a gente possa sanar algumas dívidas. Depois do jogo, a gente acha que foi acertado (ter levado o jogo para Brasília). O estádio de Brasília talvez tenha o melhor campo do Brasil, o que nos dá chance de jogar bom futebol.

BOA ACOLHIDA NO DF

Para Mancini, porém, a boa receptividade do torcedor do Distrito Federal está ligada ao desempenho da equipe em campo. Ele afirmou que o mesmo ocorreria no Maracanã:

— O canto da torcida do Botafogo a gente ouviu. De maneira simples, essa lua de mel aconteceu aqui, e certamente aconteceria lá no Maracanã, se a nossa torcida visse essa atuação de hoje. Se fosse no Rio, a gente sairia aplaudido, como saímos aqui.

Para o goleiro Jéfferson, o resultado põe, enfim, o Botafogo no Campeonato Brasileiro.

— Precisávamos muito desses três pontos. Brigamos em campo. Foi um novo Botafogo. O Botafogo chegou hoje ao Campeonato Brasileiro — declarou o goleiro.



Fonte: O Globo Online
Comentários