Jonathan está de volta. O lateral-esquerdo, que vinha se recuperando gradativamente de infecção urinária, participou do treino do Botafogo com os demais jogadores, nesta segunda-feira, e trabalha somente para recuperar a forma perdida. Após a atividade, ele e o médico do clube Ricardo Bastos explicaram o mal que acometeu o atleta de 21 anos.

– Na véspera do jogo contra o Vasco ele se sentiu mal. Quando chegou no estádio, teve uma piora e decidimos encaminhá-lo a um hospital particular aqui do Rio. O mal acometida um dos rins, foi tratado com antibiótico venoso e ele precisou ficar internado de domingo a domingo – lembrou Ricardo, que completou sobre o fim do tratamento:

– Ele teve melhora, continuou com antibiótico oral em casa. Agora está reintegrado ao grupo. Foi um problema incomum, mas já está treinando com o grupo. Hoje foi carga reduzida para ele. Está entregue à parte física para ajudar na sequência – finalizou.

Por sua vez, Jonathan ouviu brincadeiras até do técnico Eduardo Barroca, que apareceu de surpresa na sala de imprensa e disse que o comandado “viu a morte de perto”. Mas o lateral já projeta o retorno da briga com Gilson pela titularidade no Glorioso.

– Respeito bastante o Gilson, é um grande jogador. O Barroca colocou o Gilson, eu tenho que continuar trabalhando para conseguir meu espaço novamente – entende Jonathan.

Fonte: Terra