Promovido para os profissionais do Botafogo antes do começo da Série B do Campeonato Brasileiro, Vinícius Tanque pouco jogou após subir. Apesar de ter feito apenas quatro partidas desde maio, o centroavante terminou o ano como grande artilheiro do clube no agregado de todas as categorias.

Vinícius, de 20 anos, marcou nada menos que 22 gols na temporada. Deles, 21 foram na Taça Guanabara do Campeonato Carioca Sub-20 – na Taça Rio já estava no time principal – e um na Copa São Paulo de Juniores. Nenhum outro jogador alvinegro, do profissional ao infantil, conseguiu superar o atacante.

O segundo maior goleador do Glorioso em 2015 foi a joia Luís Henrique, com 19 gols – quatro deles na Série B, já que foi promovido em junho. Em seguida aparecem com 16 gols Lucas Ribamar, dos juniores, e Igor Cássio, que substituiu Luís no time sub-17, mas também deixou sua marca pelo sub-20.

Com 15 gols terminaram a temporada os meias Leandro Alves, que subir para os profissionais na virada do ano, e Rhuan – este da equipe infantil e convocado para a Seleção Brasileira Sub-15 algumas vezes. Com 13 gols vem Luiz Henrique Pachú, do sub-20, e apenas no grupo dos 11 gols surgem os primeiros profissionais da lista: Bill e Sassá, além do junior Paulo Ricardo.

Artilheiro do Bota na Série B, Álvaro Navarro terminou 2015 com nove gols marcados, assim como Rodrigo Pimpão, que jogou também o Carioca. Em 2014, Luis Henrique havia fechado a temporada como maior goleador entre todas as categorias balançando as redes 23 vezes.

Fonte: FutNet