Um gol de Mario Balotelli, de pênalti, aos 37 minutos do segundo tempo, evitou um ar de decepção na estreia de Seedorf como treinador. Até aquele momento, o Milan empatava no San Siro por 0 a 0 com o Hellas Verona. A vitória fez com que o clube “rossonero” subisse da 12ª para a 11ª posição no Campeonato Italiano. O time visitante é o 6º colocado.

— O mais importante foi redescobrir a alegria de jogar futebol. A vitória deixa tudo mais leve — festejou Seedorf.

O técnico terá muito trabalho pela frente. Ontem, o time teve 25 chances de marcar e precisou de um pênalti para sair do zero. Inacreditavelmente, o salvador Balotelli, titular da seleção italiana, chegou a ficar no banco quando o Milan era comandado pelo técnico Massimiliano Allegri. Após marcar, o atacante dedicou o gol ao novo treinador.

Seedorf permaneceu sério a maior parte do tempo, mas retribuiu com os polegares para cima a dedicação de Balotelli. A torcida gritou o nome do treinador, que jogou dez anos no Milan. Ao deixar o Botafogo, ele recebeu da diretoria um quadro com a frase “buona fortuna” (boa sorte). O amuleto ajudou.

Outro jogador que começa a ter mais atenção com a chegada de Seedorf é Kaká. Ele teve boa atuação, sendo derrubado no lance do pênalti, e tem a confiança do treinador, de quem é amigo. Robinho foi titular, mas acabou substituído por Petagana, que tabelou com Kaká na jogada do pênalti.

Fonte: O Globo Online