O Botafogo recebe o Avaí nesta segunda-feira, às 20h (de Brasília), no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. O Botafogo está embalado por duas vitórias consecutivas, sendo a mais recente os 3 a 1 no clássico contra o Vasco, e soma 15 pontos, defendendo presença no G-6, a zona de classificação para a próxima Copa Libertadores. Situação completamente oposta vive o Avaí, que tenta se recuperar da derrota de 3 a 0 para o Fluminense, em casa, que o levou para a lanterna, com apenas cinco pontos ganhos.

Jair Ventura, comandante do Botafogo, pediu a seus atletas que repitam a intensidade do jogo contra o Vasco.

“Nós conseguimos construir um grande placar contra o Vasco, jogando bem, porque a nossa equipe decidiu se impor desde o primeiro minuto e manter a pegada até o último segundo de jogo, como pede a maioria das partidas deste Campeonato Brasileiro. O duelo contra o Avaí estrategicamente é muito importante, pois pode nos garantir com uma boa pontuação neste momento da disputa”, disse Jair.

Os jogadores do Botafogo concordam com o comandante, mas descartam qualquer tipo de facilidade contra o adversário desta segunda-feira.

“Não estamos levando em consideração o fato de o Avaí estar na última colocação. O Campeonato Brasileiro é sempre complicado e isso não muda. Já enfrentamos outras equipes nesta mesma situação e tivemos dificuldades”, lembrou o lateral-direito Arnaldo, se referindo, por exemplo, ao empate por 2 a 2 com o Vitória, outro na zona da degola.

Para este compromisso, o Botafogo perdeu o zagueiro argentino Joel Carli e o meia João Paulo, que vão cumprir suspensão por acúmulo de cartões amarelos. Assim, Marcelo deve ocupar a vaga na zaga, enquanto que, no meio, o argentino será Walter Montillo.

Pelo lado do Avaí, o técnico Claudinei Oliveira espera que sua equipe possa controlar os nervos.

“Nós temos qualidade, e vontade não está faltando a este grupo. Porém, a nossa equipe está apresentando sinais de nervosismo em campo. Isso atrapalha o melhor rendimento. Aos poucos vamos aprender com isso e deixar a situação incômoda que estamos na tabela de classificação. Espero que contra o Botafogo a gente consiga controlar essa situação”, afirmou o técnico do Avaí.

Claudinei deverá promover mudanças no Avaí. O goleiro Douglas, emprestado pelo Corinthians, vai assumir a vaga de Maurício Kozlinski, que falhou contra o Fluminense. No ataque, recuperado de lesão na coxa direita, Junior Dutra volta, deixando uma vaga para ser disputada por Rômulo e pelo camaronês Joel. Na lateral direita, o veterano Maicon será preservado e cederá espaço a Leandro Silva. No meio, Marquinhos é outro poupado, com Pedro Castro sendo seu substituto.

FICHA TÉCNICA:
BOTAFOGO-RJ X AVAÍ-SC

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 26 de junho de 2017 (Segunda-feira)
Horário: 20h (de Brasília)
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Flávio Gomes Barroca (RN) e Vinicius Melo de Lima (RN)

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Arnaldo, Marcelo, Igor Rabello e Víctor Luís; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Matheus Fernandes (Dudu Cearense) e Walter Montillo; Rodrigo Pimpão e Roger. Técnico: Jair Ventura

AVAÍ: Douglas, Leandro Silva, Betão, Gustavo e Capa; Judson, Luan, Pedro Castro e Juan; Rômulo (Joel) e Junior Dutra. Técnico: Claudinei Oliveira

Fonte: Gazeta Esportiva