Em busca da primeira vitória no Campeonato Brasileiro de 2018, o Botafogo visita o Sport (PE), na próxima segunda-feira (23), pela segunda rodada da competição. E a Ilha do Retiro, local da partida, foi justamente o palco do último triunfo alvinegro na Série A nacional.

Na rodada 33 do Brasileirão de 2017, o Botafogo superou o Sport por 2 a 1, na casa do adversário. Na sequência, os cariocas mergulharam na má fase e fecharam a competição com tropeços em cinco jogos consecutivos – dois empates e três derrotas, que impediram a classificação à Libertadores.

O jejum do Glorioso foi ampliado na primeira rodada da Série A na atual temporada. Na última segunda, estreia com empate por 1 a 1 diante do Palmeiras (SP), no Estádio Nilton Santos. Por sinal, a instabilidade do Sport, que vem de derrota por 3 a 0 para o América (MG), pode ajudar na luta dos cariocas pelo resultado positivo.

– Será um jogo muito difícil e estamos vendo muitas coisas deles. Não é fácil estrear com uma derrota por 3 a 0, mas temos que estar muito preparados para esse jogo lá. Preciso definir a equipe esperando a liberação ou não do departamento médico. Com uma semana cheia eu gosto de aproveitar bastante e depois saber se terei todos à disposição – explicou Alberto Valentim.

O departamento médico conta com peças importantes como Moisés, Luiz Fernando e Renatinho. O último tem maiores chances de atuar, enquanto os dois primeiros ainda leverão um tempo maior na recuperação. Caso o meia volte, terá que barrar um dos três volantes (Lindoso, Matheus Fernandes ou Bochecha), que foram bem avaliados por Valentim.

– É um encaixe que eu gosto e já tinha jogado assim antes quando o João estava conosco, antes da lesão. Pode virar um 4-2-3-1 ou um 4-1-4-1. A característica dos jogadores me permite mudar um pouquinho esse desenho, além de observarmos os adversários para saber o melhor encaixe.

Botafogo e Sport medem forças às 20h da próxima segunda-feira (23), na Ilha do Retiro. A Rádio FutRio transmite.

Fonte: FutRio