Há alguns meses, parecia que o céu era o limite para Matheus Fernandes. Com as saídas de Camilo e Montillo e a lesão de Airton, ele virou titular absoluto do Botafogo. O jovem de 19 anos era até monitorado pelo Barcelona, que havia se aproximado por meio de um agente. No entanto, algo mudou: nos últimos quatro confrontos em que esteve à disposição de Jair Ventura, o jogador atuou apenas em dois. Amanhã, contra o Atlético-MG, no Independência, Matheus Fernandes tem tudo para voltar à titularidade, mas devido à suspensão de Rodrigo Lindoso e Marcos Vinícius, que levaram o terceiro amarelo.

Será a oportunidade de mostrar serviço ao treinador após perder a vaga. Quem entrou no lugar dele foi Marcos Vinícius, numa aparente tentativa do treinador de dar ofensividade à equipe. Para isso, Jair Ventura tirou um dos volantes — eram quatro no meio-campo.

Ao falar de Matheus, o treinador é sempre elogioso.

— É um jogador de nível Europa. Eu pedi para a diretoria mantê-lo aqui — afirmou, em julho deste ano.

Esse foi o mês em que ele viveu seu auge pelo Botafogo: Jair ainda tinha Camilo à disposição, mas optou por deixar um dos principais nomes do elenco no banco e lançar o menino como titular. Matheus foi um dos melhores em campo.

Na primeira partida contra o Grêmio, pelas quartas da Libertadores, Jair manteve Matheus mesmo quando quis dar ofensividade ao time — escalou Leo Valencia como titular e sacou Rodrigo Lindoso. Ultimamente, o escolhido para sair do meio-campo tem sido o garoto.

Bruno Silva tem conjuntivite e vira dúvida

O volante Bruno Silva foi liberado do treino de ontem devido a uma conjuntivite. O problema o transforma em dúvida para a partida de amanhã, contra o Atlético-MG, pelo Brasileiro.

Caso ele fique fora, o substituto mais provável é Dudu Cearense. Isso porque, Matheus Fernandes, que vem sendo reserva, entrará no lugar de Rodrigo Lindoso, que está suspenso por ter levado três cartões amarelos.

Com isso, subiria para três o número de desfalques do Alvinegro — Marcos Vinícius também não joga devido ao terceiro cartão amarelo, e o meia chileno Leo Valencia deve ser o substituto.

O time treina hoje pela manhã e viaja à tarde para Belo Horizonte. Uma avaliação decidirá se Bruno seguirá com o time ou ficará no Rio.

Ele é um dos jogadores que mais atuou no clube este ano — foram 52 jogos dos 64 oficiais que o clube disputou. São 81% das partidas totais do Alvinegro em 2017.

Fonte: Extra Online