Sem clube desde dezembro do ano passado, quando não teve o contrato renovado pelo América-MG, o interminável Rafael Moura fechou nesta quinta-feira para defender o Operário na Série B do Campeonato Brasileiro.

Rafael Moura foi oferecido para a diretoria alvinegra, que estava justamente em busca de um centroavante para fechar o ciclo de contratações antes da pausa para a Copa América. As partes, então, iniciaram as conversas até chegarem a um acordo nesta tarde.

Após defender o América-MG nas últimas duas temporadas – 19 gols em 89 jogos -, Rafael Moura não teve seu vínculo prorrogado por conta do seu alto salário, já que o time mineiro teria que reduzir os gastos em 2019 devido ao rebaixamento no Brasileirão.

Aos 35 anos, Rafael Moura é bastante rodado no futebol brasileiro. Após surgir na base do Atlético-MG, o “He-Man” passou por Vitória, Paysandu, Corinthians, Fluminense, Athletico-PR, Goiás, Internacional e Figueirense, além de ter uma rápida experiência no Lorient-FRA.

Recém-promovido à Série B, o Operário estreou com vitória por 1 a 0 sobre o América-MG e volta a campo neste sábado, quando enfrenta o Cuiabá, às 19 horas, na Arena Pantanal, pela segunda rodada.

Fonte: Futebol Interior