Oswaldo combate a ansiedade no time e acredita em retorno do Botafogo ao G-4

Compartilhe:

Campeão carioca e quinto colocado no Campeonato Brasileiro, após se manter desde a quinta rodada no G-4, o Botafogo ainda tem tempo para alcançar a Libertadores de 2014. E a confiança interna continua grande. Foi o que Oswaldo de Oliveira destacou em reunião com os jogadores e revelou em entrevista coletiva.

“Reforcei, acima de tudo, a certeza que tenho que somos capazes de voltar. Tivemos muito mérito durante o campeonato e isso nos respalda a voltar”, garante Oswaldo, que vê evolução do time com tempo para treinar.

“Não é automático, não é uma peça de automóvel que troca, mas é lógico que o período de treinamento foi ótimo, melhoramos muito. Contra a Portuguesa, já fizemos partida bem mais organizada. Com mais tempo, como voltaremos a ter semana que vem, a equipe tende a melhorar, porque começa a repetir o treinamento”, explica.

Com o jogo com o Atlético-PR pela frente, neste sábado, no Maracanã, Oswaldo de Oliveira comandou um treino técnico e tático no campo anexo, enquanto os titulares ficaram na musculação. Ele confirmou a entrada de Renato na vaga do suspenso Marcelo Mattos e ressaltou que a única dúvida é entre Hyuri e Octávio, caso o primeiro não se recupere do desgaste.

Independentemente de quem atuar, Oswaldo pede atenção à equipe para evitar o nervosismo.

“O fator mais importante no último jogo foi a ansiedade. Normalmente, com equipe mais equilibrada, teria feito um gol e aberto caminho. A ansiedade acabou prejudicando. Isso estamos procurando trabalhar, mostrando com cenas, conversando bastante. Não adianta ficar aflito na hora da finalização, tem que estar tranquilo”, diz Oswaldo, que nâo crê em vida fácil por o adversário estar na final da Copa do Brasil.

“Não vejo nenhum fator facilitador, muito pelo contrário, pois pouparam os principais jogadores quarta-feira. Não há nada que facilite. O Atlético-PR é, com segurança, um dos melhores times do campeonato. É um jogo muito difícil, uma tarefa dura”, finaliza.

Fonte: Site oficial do Botafogo

Comentários