Oswaldo nega haver clima de velório com Botafogo fora do G-4: ‘Vamos reagir’

Compartilhe:

O Botafogo empatou com a Portuguesa por 0 a 0, nesta quarta-feira, no Maracanã, e se complicou na luta por uma vaga na Libertadores. Isso porque o Goiás venceu a Ponte Preta no Serra Dourada, foi a 56 pontos e passou o Alvinegro, com 53. Mesmo após sair do G-4 após 29 rodadas, o técnico Oswaldo de Oliveira manteve o otimismo. Segundo o treinador, o time de General Severiano tem totais condições de reagir na competição.

“Nós não temos esse tom de velório ainda. Temos tempo para reagir. Não admito essa sensação de perda. Temos tempo pela frente, não vou considerar nada injusto por enquanto, vamos esperar o fim do campeonato. Se considerar injusto agora, vou ter que admitir uma perda que ainda não ocorreu”, disse.

Oswaldo de Oliveira afirmou ainda que o Botafogo tem totais condições de se reabilitar. Segundo ele, os jogadores seguem motivados e querem dar a resposta dentro de campo já neste sábado, quando o Alvinegro receberá o Atlético-PR, no Maracanã.

“Claro que temos força para reagir. Temos o nosso objetivo e temos que continuar lutando por ele. Não vamos baixar a cabeça porque levamos um golpe. Vamos reagir. Quem sabe já não é neste sábado?”, indagou.

“Neste momento só pensamos em reação. Não vamos esmorecer. Quem sai, pode voltar. Temos jogo sábado para tentar voltar ao G-4. Temos que nos motivar para reagir. Lutamos o jogo todo, mas não conseguimos. Vamos conseguir”, completou.

Com o resultado, o Botafogo chega aos 54 pontos, mas é ultrapassado pelo Goiás, com 56, e deixa o G-4 após 29 rodadas. Na próxima rodada, o Alvinegro terá uma decisão contra o Atlético-PR, neste sábado, no Maracanã.

Fonte: UOL

Comentários