Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 00:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Pedro Castro é apresentado pelo Botafogo: ‘Maior desafio da minha carreira’

45 comentários

Compartilhe

Pedro Castro - Botafogo
Vitor Silva/Botafogo

O meio-campista Pedro Castro foi apresentado oficialmente e vestiu a camisa do Botafogo nesta quinta-feira, no Estádio Nilton Santos. Ele recebeu as boas-vindas de Eduardo Freeland e declarou estar no “maior desafio da carreira”.

– Torcedor botafoguense, é com grande satisfação que apresentamos o Pedro Castro, que hoje já iniciou atividades e ganhou condição de jogo. Contamos com ele para as próximas partidas. Acreditamos muito que ele vem contribuir, pelo histórico, profissional, pessoa e jogador que é – elogiou Freeland.

Leia abaixo as declarações de Pedro Castro, meio-campista de 28 anos contratado após passagem pelo Avaí:

Expectativa

– Gostaria de agradecer primeiramente a Deus por essa oportunidade, ao Botafogo, clube tão tradicional com história muito bonita no futebol, à diretoria e à comissão técnica, por estarem confiando no meu trabalho. O resto é dentro de campo, aproveitar as oportunidades que vão aparecer.

Objetivos

– Fico muito feliz com a oportunidade de vestir a camisa do Botafogo. Os objetivos que coloco na minha vida são os coletivos, pois os individuais acontecem depois naturalmente. Estou aqui para ajudar da melhor forma possível.

Estilo de jogo

– Costumo dizer que sou jogador de meio-de-campo, independente da função que o professor escolher, de primeiro volante, segundo ou avançado, vou dar o meu melhor. Tenho característica de chegar ao ataque, área a área. No meu último clube atuei bastante de segundo volante e terceiro homem de meio-de-campo.

Volta ao Rio de Janeiro

– Quando apareceu a oportunidade de vir para o Botafogo, fiquei muito feliz. Consequentemente ficar perto da família é importante na adaptação, ajuda. Sobre a Série B, é um campeonato bastante difícil, com muita competitividade, tem que brigar bastante. Estou aqui para ajudar. Tive passagens com acesso, estou aqui para ajudar da melhor forma possível.

Experiência

– Também já fui um garoto e tive jogadores experientes ao lado. Estou aqui para ajudar da melhor forma possível, dentro e fora de campo. Isso é importante para ajudar o Botafogo.

Estreia do Botafogo

– Assisti ao jogo sim, vi que o Botafogo criou bastante, mas infelizmente não conseguiu fazer o gol. Faz parte do futebol. É início de trabalho, vamos nos conhecendo e nos dedicando para pegar tudo que o professor pediu. Temos que trabalhar bastante para estar na melhor forma durante o campeonato.

Desafio

– É uma alegria enorme jogar em um clube tão tradicional como o Botafogo, com história incrível. Hoje é sim o maior desafio da minha carreira, é dar um passo de cada vez. Estou muito motivado para ajudar da melhor maneira possível.

Mudança de posição

– No início da carreira eu era meia, mas tenho atuado como volante nos últimos anos. Estou aqui para somar, acredito na força do grupo. Se todo mundo ajudar e trabalhar certinho, o Botafogo só tem a ganhar. Isso é o importante.

Passagem pelo Avaí

– Queria deixar claro que em nenhum momento falei que não era grato ao Avaí, pelo contrário. Fui muito feliz, tive acesso, título e prêmios individuais. agradeço ao Avaí por essas temporadas. Aqui chego para buscar o acesso, que é o grande objetivo, voltar para a Série A, de onde nunca deveria ter saído. Estou aqui para ajudar.

Campeonato Carioca

– Estamos começando pelo Estadual, é um passo de cada vez. Hoje nossa competição é o Estadual, primeiro objetivo é classificar entre os quatro. Depois passo a passo conquistar os objetivos da temporada.

Série B

– Vim aqui para somar. Meus objetivos são os do Botafogo, claro que é o acesso. Os objetivos coletivos são os mais importantes e os individuais vem depois. Claro que pensamos lá na frente, na Série B e no acesso, mas tudo se resolve dentro de campo, jogando. Série B não é fácil, é difícil, jogo muito brigado, mas acredito que vamos chegar bem preparados.

Veja o vídeo da apresentação de Pedro Castro na Botafogo TV:

Fonte: Redação FogãoNET e Botafogo TV

Comentários