Sem Gatito Fernández e também sem Jefferson, fora desde agosto com múltiplas lesão após dividida com Lucas Paquetá, do Flamengo, em duelo pelo Brasileiro, o Botafogo recorreu a Saulo como titular. Na época, até então, ele tinha apenas dois jogos como profissional. Hoje, já são 20.

— O Saulo pegou um momento difícil no clube, não tinha passado essa situação, e ajudou bastante pela qualidade que tem. Não tem uma experiência muito grande, mas fez grandes jogos. Fico feliz, dá para ver que o Botafogo está bem de goleiros. O Diego também foi bem nas partidas em que esteve — disse Gatito, relembrando que Diego, o quarto goleiro, recebeu duas oportunidades durante sua ausência.

Ao todo, Saulo esteve em 17 jogos do Campeonato Brasileiro e três da Sul-Americana. Foram 27 gols sofridos. Já Diego buscou duas bolas na rede nas chances que recebeu.

Contra o Corinthians, no domingo, pelo Campeonato Brasileiro, Gatito, recuperado de lesão, volta ao time titular e Saulo ao banco de reservas.

Fonte: Extra Online