O peruano Ramirez vem conquistando cada vez mais espaço no Botafogo do técnico Vagner Mancini, e não só pelo golaço na vitória por 1 a 0 sobre a Chapecoense no último sábado, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. A atuação no Maracanã apenas serviu para aumentar ainda mais a moral do jogador no Alvinegro.

A partida contra a Chapecoense foi a quarta do peruano pelo Botafogo, mas ele definitivamente já conquistou a confiança de Mancini. O treinador escalou Ramirez como titular em todos os duelos, substituindo o atacante apenas uma vez, na derrota por 1 a 0 para o Figueirense. Na ocasião, o meia deixou o gramado somente aos 40min do segundo tempo.

Além de ter decidido o duelo com a Chapecoense, Ramirez ganhou moral com Mancini por suas características em campo. O meia é visto pelo treinador como alguém que pode dar mais cadência ao time, e assim equilibrar o ritmo ofensivo alvinegro.

“O Ramírez chegou e fez o quarto jogo. É um atleta que está em evolução constante. Não tínhamos um atleta com esse estilo. Ele é um organizador, pisa na bola e às vezes até para quebrar esse jogo frenético que fazemos. Está subindo no conceito de todos: treinador, torcida e imprensa, demonstrando que pode ajudar muito a equipe”, analisou Mancini após o jogo com a Chapecoense.

O cenário para Ramirez no Botafogo parece bem melhor que o encontrado no Corinthians no começo do ano. Diferente da condição de titular que conquistou no time de General Severiano, o peruano fez somente três partidas no primeiro semestre, quando estava na equipe paulista. E iniciou apenas duas delas em campo.

A entrada de Ramirez na equipe coincidiu com um bom momento do Botafogo no Campeonato Brasileiro. Embora tenha perdido fora de casa para Atlético Paranaense e Figueirense com ele em campo, o peruano ajudou o time a vencer Fluminense e Chapecoense em dois jogos importantes para o futuro alvinegro.

O Botafogo está na 14ª colocação do Campeonato Brasileiro, com 19 pontos, e estreia pela Copa do Brasil nesta quarta-feira, quando encara o Ceará na partida de ida do duelo pelas oitavas de final da competição, no Maracanã.

Fonte: UOL