Antônio Carlos Mantuano, Carlos Eduardo Pereira, Gustavo Noronha, João Pedro Figueira) e Klay Salgado são os integrantes da comissão de crise criada pelo Conselho Deliberativo para acompanhar o Botafogo de perto. O presidente deste órgão explicou como será a atuação.

– A comissão vai ter uma atuação departamental. A atuação do presidente, nesse momento, não é fundamental. Vamos escolher os departamentos mais importantes, como o jurídico para ver partes de contratos, questão de patrocínios e aquilo que gera receita. O objetivo é conhecer melhor a situação financeira do clube e traçar as linhas de ação da próxima gestão, seja ela qual for. Que se tenha um diagnóstico preciso do que precisa ser feito e para onde vamos rumar no ano que vem – explicou Gustavo Noronha, do grupo político “Mais Botafogo”, ao site “Lance!net”.

Fonte: Redação FogãoNET