Presidente elogia atitude dos jogadores por salários atrasados

Compartilhe:

O Botafogo tem convivido desde o fechamento do Engenhão, no dia 26 de março, com a dificuldade para manter os salários em dia. O clube está devendo dois meses aos jogadores, que não se concentraram para os dois últimos jogos disputados no Rio de Janeiro, contra Náutico e Flamengo, se apresentando apenas horas antes dos confrontos.

Apesar dos problemas, o presidente do Botafogo, Maurício Assumpção, exaltou o comportamento dos jogadores diante da situação, afirmando que só por isso o time tem condições de estar brigando pela liderança do Campeonato Brasileiro. Ele garantiu que tem passado prazos ao grupo, mas mantém internamente a discussão.

– Sabemos que vamos colocar em dia. Não desistimos, estamos correndo atrás para consertar isso. Discutimos tudo às claras com eles. O que acontece no Botafogo é graças ao comprometimento e responsabilidade desse grupo que nós construímos e comandado por um cara do mesmo nível, que é o Oswaldo de Oliveira. Com esse pacote estamos brigando pela liderança do campeonato. Por muito menos, tem clube com crise degringolando – disse Maurício.

Nessa busca por receitas, uma delas a realização de jogos no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. O primeiro deles será contra o Goiás, no dia 10 de agosto. Mas o clube também levará os clássicos com Flamengo e Vasco, ambos em outubro, pelo segundo turno do Brasileiro, para a capital federal. Outros três jogos podem entrar no pacote.

– Essa negociação em Brasília é importante também em função disso. Toda diretoria está desconfortável com a situação. Por mais que o fechamento do Engenhão tenha tirado R$ 26 milhões por ano do clube, temos que fazer essa receita. Muita empresa boa quebra em uma situação dessas. Não estamos conseguindo resolver na velocidade que a gente gostaria, mas vamos chegar lá – afirmou Maurício.

Para enfrentar o Vitória, quinta-feira, no Maracanã, os jogadores ainda não decidiram se haverá ou não concentração. Caso decidam novamente pela apresentação apenas no dia do jogo, ela acontecerá para o almoço em General Severiano, que ficará aberto para receber aqueles que preferirem dormir na sede do clube na véspera do confronto.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários