Promessas sul-africanas tentam sorte no BR e iniciam no Bota

Compartilhe:

As conquistas mundo afora fizeram o Brasil se tornar o país do futebol. Por isso, representantes de lugares mais remotos buscam aprendizado em representantes brasileiros, dentro e fora de campo. A África do Sul, por exemplo, contou com Carlos Alberto Parreira como técnico quando organizou a Copa do Mundo de 2010. Nessa busca por conhecimento, dois jovens sul-africanos chegaram ao Rio de Janeiro no sábado para tentar fazer um sonho se tornar realidade.

Pule Moraisane, de 18 anos, e Luther Singh, 16, são duas jovens promessas do Stars of Africa Football Academy, um clube sul-africano comandado pelo técnico Farouk Khan. Os três pretendem passar três meses no Brasil. A primeira parada foi o Engenhão, onde acompanharam o treinamento do Botafogo nesta terça-feira.

Jogadores sul-africanos visitam Engenhão (Foto: Thales Soares)
Luther, Farouk e Pule na vista ao Engenhão nesta terça-feira (Foto: Thales Soares)

– Eles são dois destaques entre muitos que temos no Stars of Africa. Vamos ver se conseguimos uma chance para eles treinarem com os brasileiros. Comecei a apreciar o futebol vendo a seleção brasileira na Copa do Mundo de 1970. Prefiro que joguem aqui do que na Europa nesse momento de suas carreiras – disse Farouk, que se vangloria de conhecer Parreira desde 1992 e conseguiu fazer esses contatos graças ao preparador físico Francisco Gonzalez.

Na internet, é possível encontrar vídeos de jogadas de Pule e Luther. Os dois ganharam camisas do Botafogo como recordação e conheceram o estádio. A próxima parada deve ser o Fluminense. Fraouk pretende mostrar o talento da dupla no campo para receber uma chance.

– Pule joga no meio-campo e Luther é um jogador que atua pelos lados no ataque. Essa experiência pode ser importante para eles. Vamos ver se dá tudo certo – explicou Farouk.



Fonte: Globoesporte.com
Comentários