Psicólogo: ‘Time tem que se unir. A torcida não consegue vê-lo lutando pelo objetivo’

Compartilhe:

Artur Scarpato, psicólogo

É preciso criar dentro do elenco alvinegro uma causa em prol da tão desejada classificação à Libertadores. Acho que neste momento a torcida não consegue ver o time lutando pelo objetivo e talvez isso seja o fio condutor deste momento de crise acentuada.

No futebol moderno existe a tendência da mudança constante de jogadores de clubes. A não criação de uma identificação com o Botafogo também pode contribuir para que a cobrança da torcida focalize-se em um determinado grupo de atletas.

Acredito que neste momento complicado seja importante que os jogadores do Botafogo se unam ainda mais para que o objetivo seja concretizado no término do Campeonato Brasileiro.

Conseguindo a vaga na Libertadores, o fantasma do propalado “nadar e morrer na praia”, que ronda o Alvinegro, acabará sendo superado e a crise com a torcida, automaticamente, também.

Para isso, mesmo com todas as dificuldades, o elenco, mais do que nunca, precisa abraçar a meta traçada: a classificação.

Fonte: Lancenet!

Comentários