Rafael Marques: ‘É ruim olhar para o banco e não ver o Oswaldo. Esperamos ele’

Compartilhe:

Depois do susto que passou por causa de uma arritmia cardíaca, Oswaldo de Oliveira é esperado nesta sexta-feira no Engenhão para o comandar o treinamento do Botafogo. Ele não acompanhou o time na vitória por 3 a 1 sobre o Náutico, quarta-feira, em Recife, para realizar uma série de exames que foram finalizados nesta quinta-feira.

Os jogadores trataram a vitória como uma homenagem ao treinador. Com uma relação próxima a todos no grupo, Oswaldo é considerado peça fundamental no sucesso do time nesta temporada com a conquista do Campeonato Carioca, a terceira colocação no Campeonato Brasileiro e a disputa ainda da Copa do Brasil.

– A gente não sabe ainda, mas espera que ele possa voltar. É ruim olhar para o banco e não ver o Oswaldo. Esperamos que no próximo jogo ele esteja lá. Todos sabem do carinho que tenho por ele, e tudo que passamos juntos no ano passado – disse Rafael Marques.

OS jovens também tratam Oswaldo como um pai. Autor de seu primeiro gol como profissional contra o Náutico, Gegê espera poder voltar a trabalhar com o treinador rapidamente.

– É importantíssimo. Espero que possamos trabalhar juntos novamente para o Botafogo vencer domingo (o Flamengo, no Maracanã) – comentou Gegê.

Caso não seja liberado para trabalhar no clássico, Oswaldo será novamente substituído por Luiz Alberto no banco de reservas. No entanto, deverá participar da preleção e assistir ao jogo no estádio.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários