Rafael Marques: ‘Passamos por cima do cansaço. Estamos fechados com Oswaldo’

Compartilhe:

O Botafogo venceu o Náutico por 3 a 1 e encerrou uma série negativa de cinco jogos sem triunfar. Os jogadores não esconderam a felicidade na saída de campo e foram unânimes em dedicar a vitória para o técnico Oswaldo de Oliveira. O treinador sentiu dores do peito por causa de uma arritmia durante a derrota para o Grêmio, no último sábado, e não pôde comandar a equipe em Pernambuco – o auxiliar Luiz Alberto foi o escolhido.

Principal líder do Botafogo, Seedorf comandou o grupo e fez questão de dedicar o triunfo ao comandante. Além disso, o holandês lembrou o fim da fase ruim e comemorou a vitória diante do Náutico.

“É um ano muito difícil, mas mostramos reação. Essa é a força do Botafogo, que quer reagir  e não vamos desistir. Não só com palavras, mas mostrando em campo. Estamos de parabéns os que iniciaram e quem entrou no decorrer. Não podemos esquecer, essa foi uma vitória para o nosso professor, que da sua alma para conquistarmos nossos objetivos”, disse o camisa 10.

“Graças a Deus ele [Oswaldo] está bem. Infelizmente não pôde estar aqui, mas o grupo esta fechado com ele. Essa garra, essa luta… Passamos por cima de cansaço para chegar aqui. Conseguimos essa vitória e ela é para o professor Oswaldo”, completou Rafael Marques.

Bolívar seguiu o mesmo caminho de seus companheiros, mas fez questão de ressaltar que o susto dado por Oswaldo de Oliveira ficou no passado, já que o treinador mostrou estar bem de saúde na última terça-feira. Ele surpreendeu atletas e comissão técnica com uma visita no último treino no Engenhão.

“Oswaldo sempre esteve com a gente. Dedicamos a ele por tudo que está passando. Sabemos que já esta bem. A presença dele no último treino foi muito importante. Está sempre conosco e dedicamos essa vitória a ele”, afirmou.

Com a vitória diante do Náutico, o Botafogo chegou aos 46 pontos e colou no Grêmio, com 44 e na vice-liderança do Campeonato Brasileiro. Na próxima rodada, o Alvinegro encara o Flamengo, este domingo, no Maracanã.

Fonte: UOL

Comentários